EM BRASÍLIA, PREFEITO E COMITIVA BUSCAM PROJETOS DE INFRAESTRUTURA PARA TOBIAS BARRETO

A comitiva sergipana se reuniu com o Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto


imprimir

Publicado em: 2019-03-19

A comitiva sergipana se reuniu, nesta terça, 19, com o Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para tratar de temas cruciais para o desenvolvimento de Tobias Barreto em curto e médio prazos, como abastecimento de água e habitação.

“Abordamos o pedido de apoio emergencial, com a contratação de 20 carros pipa para serem usados na zona urbana e rural, cujo valor é de R$ 815 mil, sendo que a proposta já foi analisada e aprovada”, resume o prefeito Diógenes Almeida.

Segundo ele, resta apenas a conclusão da operação da Defesa Civil estadual para que o município inicie esse projeto. Outro assunto, mas ainda relacionado ao abastecimento, foi ampliação da adutora que vem de Itapicuru, com a perfuração de mais três poços interligados à rede já existente - uma obra de R$ 3 milhões.

“Também solicitamos a limpeza da barragem, para que ela possa nos atender melhor e para que possamos evitar qualquer dano”, ressalta o prefeito. Nesse caso, a proposta ainda será avaliada a partir de uma visita da equipe federal para identificar o grau de necessidade. “Essa ação não seria emergencial e sim a médio prazo”, reforça Diógenes.

HABITAÇÃO

Com relação à habitação, o pedido de Diógenes foi por novos projetos de construção de casas, já que, no último levantamento, a Prefeitura identificou uma demanda de 1.900 residências. “Nós frisamos que Tobias já possui um empreendimento aprovado pelos órgãos ambientais e pela Caixa, mas o governo está aguardando ter orçamento para novos projetos na área”, informa.

A iniciativa do município, de realizar o levantamento, foi elogiada pela equipe ministerial, que prometeu incluir Tobias na lista de cidades que poderão ser contempladas quando houver recursos. “Eles nos informaram que a prioridade agora é a conclusão dos projetos que já estão em construção”, destaca Diógenes.

De qualquer forma, o prefeito entregou a relação de quem fez a inscrição no cadastro habitacional municipal, com a inclusão das 1.900 famílias. “Agora, é esperar e torcer para que sejamos contemplamos em breve”, diz Diógenes.

Helcio Alves Barbosa, assessor especial de Defesa Civil, e Vinicius Bernardes, assessor especial de Habitação, além da deputada Diná Almeida, do deputado Fábio Reis, da senadora Maria do Carmo, os secretários de administração, Diógenes Junior, de Planejamento, Danillo Campos, de Obras, Alan Vinicius e o chefe de gabinete da deputada estadual Diná Almeida, Vinícius Rodrigues e o vereador Gilson Ramos, também participaram da reunião.